1.2.16

Resenha: Bruxa da Noite - Nora Roberts


Bruxa da Noite
Trilogia dos Primos O'Dwyer
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Lançamento: 2015
Link no skoob

"Quando se trata de romance, ninguém é melhor do que Nora"

- O amor não deveria ser difícil.
- Acho que você está errada. Acho que deveria ser a coisa mais difícil que há, porque aí não seria tão facilmente tirado ou apenas perdido.




No último post da retrospectiva mês a mês que rolou nas primeiras semanas de janeiro aqui no blog aqui eu falei um pouquinho sobre esse livro e hoje vim trazer uma resenha um pouco mais completa.
Eu ganhei o marca página desse livro e já fiquei de olho. Minha mãe foi para BH, e na livraria do aeroporto viu o livro e achou que eu ia gostar e me trouxe. Pirei, é lógico. E só quando tive o livro em mãos que percebi que o livro é da Nora Roberts. Até então eu tinha certa curiosidade na autora, mas nunca havia lido nada dela. E estou bem surpresa. Não é nada parecido com o que eu esperava, sério. Eu achava que era muito mais "menininha", então estou contente de ter lido antes de julgar. 
Gostei muito do equilíbrio entre ação, romance, fantasia, drama e suspense. O livro tem suas boas pitadas de romance, de dor e drama, a personagem fica confusa SIM, mas não é meloso, nem chega perto disso. A Iona tem um foco para a vida dela, bem real inclusive: quer se encontrar e se descobrir. Quem nunca teve esse desejo de se encontrar, não é verdade? Porém as pinceladas de fantasia também estão lá. Pura magia esse livro, cheio de encantos, lendas, tradições e mistérios.
A única decepção do livro para mim foi uma das últimas cenas. Eu não vou falar muita coisa, porém a cena mais esperada por mim, e acho que por quase todo mundo que lê esse livro, não durou nem 4 páginas direito, mesmo merecendo e precisando de muito mais. Confesso que fiquei bem confusa e tive que reler várias vezes por não entender direito o que havia acontecido e não acreditar que foi tão rápido. Eu espero que esse aspecto seja melhorado nos outros livros da série.
A autora, ao meu ver, conseguiu balancear bem todos os "ingredientes" dessa "poção", e resultou em um livro muito equilibrado, me conquistando, é claro. Nora já entrou na minha lista de desejados, e já aceito livros dela de presente. Estou empolgadíssima para acompanhar a história de Connor, e principalmente de Branna e seu romance com Fin, já que, pelo o que eu entendi, cada livro da trilogia foca em um dos primos O'Dwyer.
Porém, enquanto eu não adquiro os próximos livros, dá uma olhada na sinopse da sequência:

Feitiço da Sombra
Segundo livro da trilogia Primos O’Dwyer, Feitiço da sombra é uma emocionante história sobre os maiores poderes mágicos que existem: o amor, a amizade e a família. Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido... Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez.

Ficaram animados? Porque eu fiquei, e muito.
Mas eu vejo vocês na quinta feira.
Um beijo grande no coração de vocês, boa semana.
Com carinho, Poliana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário