14.1.16

Retrospectiva Literária 2015 - Outubro


Buh!
Olá povo, como vai?
Vamos com mais um mês recheado de leituras. Como eu disse no último post, eu já tava cansada da vida e era capaz de ler até bula de remédio e a embalagem do xampu só pra não ter que ler mais uma fórmula. Hoje a lista é quase do mesmo tamanho que a de ontem. 
Vamos começar então? Acompanha aí:



38. O Estranho Caso do Yoda de Origami - Tom Angleberger

Link do skoob
Assim como em Setembro, outubro começou com os livros leves. Precisava relaxar. E esse é PERFEITO para isso. É um livro bem infanto juvenil, mas é uma graça. Tommy, o protagonista, precisa descobrir se os conselhos dados pelo origami feito pelo garoto mais estranho da escola funcionam mesmo. Então ele começa a recolher dados e histórias pela escola e vai arquivando tudo como se fosse uma verdadeira investigação policial. Com os comentários de Herbert e os desenhos de Kevin o livro tem tudo para ser muito divertido.






39. A Desconstrução de Mara Dyer - Michelle Hodkin

Link do skoob
Lembram-se do evento que eu comentei no post de abril, a Turnê Intrínseca? As amigas que foram comigo são pessoas muito sociáveis, e acabaram fazendo amizade com o Junior, que recomendou esse livro para a gente. Passei o resto do ano procurando o livro e quando achei na biblioteca da escola mandei os livros rápidos para escanteio e mergulhei na história de Mara Dyer. Pena que tive que ler rápido para devolver, queria ter me entregado mais para a história. Em meio a suspense, mortes, uma tabua Ouija, uma tragédia e um trauma, Mara não lembra de nada. Sua família se muda para fugir de tudo e tentar esquecer, mas tudo o que ela quer é lembrar o que aconteceu na noite em que sua melhor amiga, seu namorado e a irmã dele morreram em um desabamento, mas do qual ela saiu ilesa. Fantástico.



40. Olho por Olho - Jenny Han e Siobhan Vivian

Link do skoob
"Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!" Concordo plenamente. Peguei o livro sem grandes expectativas e mais por curiosidade e pelo discurso da bibliotecária. Fiquei o livro todo completamente envolvida  no plano de vingança de Kat, Lillia e Mary. Foi tanta aflição, e aquele final que tem um pezinho no "No Sense", que quando li a última página fiquei: É O QUE? Quando fui cadastrar no skoob e descobri que tinha continuação, já cheguei na escola procurando o segundo. Se você não suporta mistérios em aberto no final, nem comece a ler. Mas se a leve tortura dos finais enigmáticos é quase como uma imã para você, está esperando o que?





41. Stolen - Lucy Christopher

Link do skoob
Lá vai a bibliotecária me convencendo a pegar mais um. E esse é especial porque é um caso sério de amor e ódio com o livro e com um dos personagens principais. Gemma, uma adolescente normal, acaba sendo sequestrada por Ty em um aeroporto, quando se afasta dos pais para comprar um café. O sequestrador ainda afirma ter observado ela por anos e que só fez aquilo para resgata-la da vida que levava. E ainda espera que ela o ame. Porém, depois que Gemma começa a conhecer, e até a entender Ty, o desespero e a raiva começam a se diluir, e a compaixão que ela passa a sentir por ele começa a caminhar para se transformar em outra coisa. Terminei o livro sem palavras, sem entender se chorava ou se ficava com raiva, mas com a certeza de que foi um dos melhores livros encontrados do ano.



42. Limiar - Jessica Warman

Link do skoob
"Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo. E que ela está morta." Alguém pode me explicar como não ficar curiosa com isso? Se alguém me perguntasse o nome do livro quando eu terminei eu não saberia responder. Me foquei tanto na história que não, eu não sabia qual era o título do livro. Com aquele final surreal, faltei pouco gritar EU SABIA, mas tava no ônibus e me controlei. Tenho que aprender a não ler finais de livro dentro do ônibus.




43. S. Bernardo. - Graciliano Ramos

Link do skoob
Tudo muito bom, mas eu ainda precisava ler os livros obrigatórios da aula de literatura. E esse é um destes. Mais um clássico brasileiro, e de novo eu preciso agradecer ao meu professor de literatura e a minha amiga que encheu o livro de elogios. A crítica desse livro a sociedade é bem visível. Lembro de usar trechos do livro em vários debates mais tarde. Um exemplo que me marcou muito é a forma que a mulher do personagem principal defende os direitos de todos os humanos, enquanto para o protagonista o nascimento e a família define o que a pessoa vai ser para o resto da  vida. Vale a pena a leitura e a reflexão.






Bom, foi isso pessoal, espero que tenham gostado da lista. Vocês já montaram a lista pra 2016, ou ela vai ocorrendo naturalmente?
Até amanha.
Com carinho, Poliana

Nenhum comentário:

Postar um comentário