30.6.14

Resenha: O Motivo - Patrick Ness

Créditos da imagem ao blog Tresloucado

Livro: O Motivo
Autor: Patrick Ness
Editora: PandorgA 
Páginas: 437
Lançamento: 2011
Série: Mundo em Caos - Livro 1
Ficção Científica
Nota: 4 de 5


Sinopse: 
Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentissburgo, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de "ruído" em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu. A cada página, o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola, com sua história de amizade, e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente. Na sua essência, é uma história sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver. Todd vive em um mundo onde um germe matou todas as mulheres, um germe que deixou os homens loucos, o germe que significou o fim dos spackles quando a loucura dos homens colocou as mãos numa arma.

Bom, este livro no começo me deixou SUPER entediada, não acontecia nada de curioso, além do ruído é claro, mas tudo que era interessante só foi começar lá para 2/4 do livro e enquanto não chegava nessa parte eu ficava enrolando para ler, até que finalmente chegou na parte interessante dali eu já fui devorando o livro. O fato de tudo acontecer em um novo mundo, atigamente abitado por alienigenas é super curioso e bem novo. A história em si é muito interessante, algo novo que eu nunca havia lido antes, diversificar na ficção hoje em dia está ficando bem difícil e foi isso que me atraiu para o livro, o diferente, Todd é um menino bem bagunçado dentro de si, ele demora para assimilar tudo e julga descaradamente tudo e todos, até que ele vê que não é bem do jeito que ele pensa, quando ele muda todo esse julgamento perverso você vê que a história toma um rumo melhor e mais interessante.
Viola é um doce, quando você a conhece acha ela um amor e se apaixona pela personagem, fica esperando quando ela e Todd vão perceber que se amam, mas isso não acontece (neste livro!) pois o foco é bem a ficção científica e não o romance se você é um romantico incorrigível pode ir tirando o cavalinho da chuva.
Manchee, ó o maravilhoso e engraçado Manchee, meus deuses eu amaria ter um cachorro como ele, corajoso, amável e super fofo. Manchee é um amor, ele faz você dar as maiores risadas nas piores partes do livro, é ótimo e você quer levar ele para casa com você. As surpresas que ele trás a história torna tudo melhor.
O mistério que corre em todo o livro sobre Prentissburgo me deixou totalmente agoniada, eu queria pular umas páginas e descobrir logo, mas quanto mais você espera mais coisas vão ficando claras e você vê como a cidade é cheia de mistérios e coisas apavorantes, eu fiquei abismada como o autor conseguiu encaixar as coisas na história sem parecer forçado, foi ótimo e eu fugiria da cidade se a visse em algum lugar haha.
Eu realmente gostei do livro, teve vários pontos negativos é claro, o fato do começo ser parado, apenas isso eu acho, o resto do livro foi fascinante e super viciante, ele termina de uma forma que você quer bater no autor e ir correndo comprar a continuação, foi isso que me fez dar 4 estrelas, o final, foi totalmente surpreendente e como eu não esperava me deixou super curiosa, eu quero comprar o segundo livro da Saga Mundo em Caos o mais rápido possível e ir correndo descobrir o que acontece com os personagens. Acho que foi um bom livro, eu recomendo e acho que não irão se decepcionar, se não ficarem esperando para comprar o segundo como eu haha.

Próxima resenha: Trono de Vidro - Sarah J. Maas.

Com amor e carinho, Bea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário